Instituto Aprender e Trabalhar

Aprendiz

iat-capa-site

 

MOVIMENTO APRENDIZ SEM O OLHAR DA “OBRIGAÇÃO”

TRANSFORMANDO A LEI DO APRENDIZ EM OPORTUNIDADE PARA VIDA

 

Nosso País passa por um momento de turbulência onde os desafios são constantes para todos nós e pensando nisso, temos a chance de mudar esse cenário com educação e formação profissional de qualidade, assim as oportunidades são fundamentais nesse processo, onde os jovens poderão concretizar o sonho do primeiro emprego e consequentemente retribuir para um Brasil melhor.

A Lei da Aprendizagem determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos como aprendizes nas organizações, mas essa “obrigação” não representa 1/3 do nosso potencial de mercado nacional. Temos que pensar além da obrigação, mesmo sabendo que as leis são direitos garantidos e fundamentais para nossa sociedade, assim conseguimos olhar para Lei da Aprendizagem como uma oportunidade de desenvolvimento sustentável tanto para empresa quanto para o nosso País.

A empresa que possui jovem Aprendiz não por obrigação da lei, mas como parte integrante no processo sustentável da mesma, pensa além das formalidades legais, gerando um desenvolvimento na gestão de pessoas. Empresas que pensam em qualificação, moldando o jovem Aprendiz através da sua cultura organizacional proporciona um olhar inovador e de futuro fazendo que essas ações se tornem um diferencial para sustentação do seu negócio em um mercado cada vez mais competitivo onde o diferencial cada vez mais são as pessoas nas organizações.

Portanto, o movimento aprendiz sem olhar da obrigação existe para reforçar que a lei da Aprendizagem é importante e ajuda no desenvolvimento e ampliação do programa, mas não pode ser vista como um peso para as organizações, apenas como um pilar importante para sustentação da própria empresa.

 

QUER SABER MAIS?

ENTRE EM CONTATO

  • Instituto Aprender e Trabalhar
  • comercial@iat.org.br