Instituto Aprender e Trabalhar

O Instituto Aprender

O Instituto Aprender e Trabalhar – IAT é uma instituição de Utilidade Pública Federal sem fins lucrativos com personalidade jurídica de direito privado, de caráter educacional, social e cultural, constituída em 2007, registrada no Ministério da Justiça nos termos da Lei 9.790/1999 e cadastrada no Ministério do Trabalho e Emprego para programas de Aprendizagem Profissional.

A prioridade IAT é promover a inclusão no mercado de trabalho, por meio da qualificação profissional, social e comportamental de jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou risco social, em idade entre 16 e 24 anos e pessoas com deficiência através dos programas Aprendiz e Estágios.

O foco da instituição e apoiar empresas no cumprimento das leis de cotas para Aprendiz, Pessoas com deficiência e Estágios.

O IAT desenvolve ainda, o intercâmbio entre pessoas e empresas que buscam a ampliação da cidadania, a expansão dos direitos, a justiça social e o respeito aos direitos humanos para Jovens, Adolescentes e Pessoas com Deficiência.

O IAT tem presença em todo o território brasileiro com unidades próprias e licenciadas. (Nossas Unidades)

 

Para consecuções de suas finalidades promove:

 

  • Gratuitamente, Assistência, Educação/Qualificação Profissional, Social e Comportamental para Jovens, Adolescentes e Pessoas com Deficiência através de cursos presenciais e tele presenciais;
  • Projetos de Acessibilidade para pessoas com deficiência e Consultoria Inclusiva e de Responsabilidade Social para Empresas, Prefeituras e Instituições de Ensino;
  • O desenvolvimento de programas de aprendizagem profissional e cursos presenciais e a distância por tele presença em diversas áreas do conhecimento para atender necessidades especifica do mercado corporativo;
  • A oferta de cursos de Conscientização e Sensibilização para empresas, objetivando preparar seus funcionários para convivência com Pessoas com Deficiência;
  • A geração de estágio, trabalho, emprego e renda através de intermediação de mão de obra, em parceria com órgãos do governo e empresas da iniciativa privada nacional e internacional;
  • O intercâmbio com entidades científicas de ensino e de desenvolvimento social, nacionais e internacionais;
  • A disseminação de novas tecnologias Assistidas, Educação e da Informação para aplicação em educação e aprendizagem profissional;
  • O desenvolvimento de estudos, elaboração de pesquisas, desenvolvimento de tecnologias alternativas, produção e divulgação de informações e conhecimentos técnicos e científicos;
  • O voluntariado e a execução de programas de prevenção, reabilitação, acessibilidade e projetos sociais nas áreas de cultura, esporte e de recreação;